Indicação de Leitura: Educação sem Distância as Tecnologias Interativas na Redução de Distâncias em Ensino e Aprendizagem
18
Sab, Nov

Indicação de Leitura: Educação sem Distância as Tecnologias Interativas na Redução de Distâncias em Ensino e Aprendizagem

Indicação de Leitura: Educação sem Distância as Tecnologias Interativas na Redução de Distâncias em Ensino e Aprendizagem
E-book
TIPOGRAFIA

Em abril de 2010 era lançada a primeira edição do livro “Educação sem Distância”. A começar pelo título, essa obra logo chamou atenção por seu conteúdo provocador e instigante. Fundamentados em conceitos, teorias e tecnologias, cada um de seus capítulos desconstrói e se aprofunda em uma diferente questão relacionada à mediação tecnológica no ensino e aprendizagem.

Em abril de 2010 era lançada a primeira edição do livro “Educação sem Distância”. A começar pelo título, essa obra logo chamou atenção por seu conteúdo provocador e instigante. Fundamentados em conceitos, teorias e tecnologias, cada um de seus capítulos desconstrói e se aprofunda em uma diferente questão relacionada à mediação tecnológica no ensino e aprendizagem.

Temas como educação presencial e a distância, hibridismo, real versus virtual, presença e telepresença, imersão, games e gamificação, realidade virtual e aumentada, são abordados, com integração e articulação de conhecimentos de diferentes áreas, de forma inovadora e significativa. Sem tecnicismos nem pedantismo, mas com precisão e clareza, este livro traz conteúdos, análises, discussões, exemplos e projeções, que podem contribuir tanto com a formação quanto para a atualização profissional de educadores, pedagogos, designers educacionais, gestores, engenheiros, técnicos, produtores, empresários, agentes públicos e demais atores, interessados ou diretamente envolvidos com o uso de novas mídias e tecnologias no ensino e aprendizado, seja a distância, presencialmente ou de forma híbrida.

Desde o lançamento da primeira até a publicação desta segunda edição, muita coisa evoluiu na educação mediada por tecnologias interativas. Mas as bases dessa evolução, abordadas já naquela primeira edição, continuam válidas e cada vez mais presentes, tais como: convergência entre real e virtual, redução de distâncias por meio da interatividade, e uso crescente de mídias digitais em todas as modalidades. Nesta segunda edição, revista e atualizada, novas tendências e perspectivas são trazidas e alguns dos paradigmas promissores da edição anterior agora se tornaram quase que obrigatoriedades. Mas a simples adoção de novas tecnologias não garante, e, se malfeita, pode até piorar, a qualidade da educação.

A leitura atenta deste livro torna-se, portanto, ainda mais necessária por parte de quem pretende desenhar, desenvolver, implantar ou oferecer uma educação adequada à realidade da sociedade e da cultura contemporâneas, conectadas, sem barreiras, sem limites: uma educação sem distância.

Saiba mais aqui