Indicação de Leitura: Os games na sala de aula: Games na educação ou a gamificação da educação
11
Ter, Dez

Indicação de Leitura: Os games na sala de aula: Games na educação ou a gamificação da educação

Indicação de Leitura: Os games na sala de aula: Games na educação ou a gamificação da educação
E-book
TIPOGRAFIA

O livro de Cristiano N. Tonéis, Os Games na Educação: Games na sala de aula ou a Gamificação da Educação?, traz, desde seu título, uma provocação. Provocação que nos põe em movimento de busca; de compreensão acerca do sentido da Educação e dos modos de ensinar com Tecnologias, mais especificamente com Games.

O livro de Cristiano N. Tonéis, Os Games na Educação: Games na sala de aula ou a Gamificação da Educação?, traz, desde seu título, uma provocação. Provocação que nos põe em movimento de busca; de compreensão acerca do sentido da Educação e dos modos de ensinar com Tecnologias, mais especificamente com Games.

O que se revela ao longo da trama construída pelos distintos capítulos é um desejo: aquele de estar-com tecnologias. O estar-com, numa concepção heideggeriana expressa o estar-junto-a. Pode-se perguntar: junto ao que? Junto ao mundo. Mundo da experiência vivida. Mundo como espaço aberto que se estende à medida que desenvolvemos ações. Mundo como horizonte de compreensões possíveis a cada um de nós, aos outros e à comunidade a qual pertencemos. Mundo como realidade passível de ser vivenciada. 

Mundo em que, segundo Husserl, é possível significar. Mundo da Educação com Tecnologias, sobre o qual Tonéis nos convida a pensar, abrindo perspectivas de compreender a produção de conhecimento,
especificamente no contexto das aulas de Matemática.

Saiba mais aqui