Indicação de Leitura: A Informática e a Exclusão Digital: 2° Edição
21
Seg, Mai

Indicação de Leitura: A Informática e a Exclusão Digital: 2° Edição

Indicação de Leitura: A Informática e a Exclusão Digital: 2° Edição
E-book
TIPOGRAFIA

Este livro aborda os limites de uma fronteira conflituosos de segregação digital, que deixa de um lado os que possuem acesso às tecnologias, e de outro, os que não as possuem. Trata sobre as mudanças no âmbito de uma sociedade conhecida como “sociedade da informação e do Conhecimento” que utiliza cada vez mais tecnologia para o desenvolvimento de suas atividades laborais, cotidianas e educacionais.

Este livro aborda os limites de uma fronteira conflituosos de segregação digital, que deixa de um lado os que possuem acesso às tecnologias, e de outro, os que não as possuem. Trata sobre as mudanças no âmbito de uma sociedade conhecida como “sociedade da informação e do Conhecimento” que utiliza cada vez mais tecnologia para o desenvolvimento de suas atividades laborais, cotidianas e educacionais.

Discute ainda, sobre as mudanças no contexto educacional e organizacional, uma vez que são encontrados trabalhadores com grande comprometimento com o aprendizado contínuo e com o auto aprendizado, embora às margens dessa sociedade, encontra-se uma grande parcela da população chamados de infoexcluídos, sem acesso tecnológico e sem expectativas, uma vez que na há uma política governamental compromissada com o combate dos perigos vivenciados dessa nessa perigosa linha fronteiriça. A metodologia utilizada fundamenta-se na definição conceitual de exclusão digital e na análise das mudanças ocorridas na sociedade mediante surgimento de inovações. Trata-se, portanto, de uma pesquisa conceitual teórica, com base no método analítico dedutivo, que se conclui demonstrando a necessidade de ações voltadas para a diminuição dos efeitos do chamado aparheid digital.

Saiba mais aqui