E-book reúne práticas pedagógicas inovadoras alinhadas à BNCC - Moodle Livre

Sidebar

09
Qui, Abr

E-book reúne práticas pedagógicas inovadoras alinhadas à BNCC

Notícias EAD

Publicação lançada pelo Oi Futuro sistematiza atividades desenvolvidas e testadas por educadores do Núcleo Avançado em Educação

Poesia visual, design thinking, modelagem 3D, memes, além de experiências que trabalham a trajetória e a identidade dos estudantes. Essas são algumas das ideias apresentadas no e-book E-NAVE 2 (clique para baixar), que reúne 45 práticas pedagógicas para inspirar educadores que desejam inovar. Lançado pelo Oi Futuro nesta semana, o livro digital sistematiza atividades mão na massa que foram testadas e desenvolvidas por educadores do NAVE (Núcleo Avançado em Educação) em duas escolas públicas, no Rio de Janeiro (Colégio Estadual José Leite Lopes) e no Recife (Escola Técnica Estadual Cícero Dias).

Distribuído gratuitamente por meio da Plataforma Integrada de Recursos Educacionais Digitais do MEC e pelo site do Oi Futuro, o e-book apresenta estratégias para engajar o aluno do século 21, incluindo atividades mão na massa voltadas para todas as áreas do conhecimento e componentes curriculares, da formação básica ou profissional e tecnológica.

“O nosso principal objetivo é oferecer ideias para todos os professores. Nem sempre a inovação precisa ser tecnológica, muitas das práticas do livro são completamente analógicas”, destaca Carla Uller, gerente executiva de Educação, Inovação Social, Esporte e Comunicação do Oi Futuro.

A publicação traz práticas orientadas para atender às 10 competências gerais da BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Dentro de cada atividade, o educador pode verificar três competências gerais da BNCC que podem ser desenvolvidas, com especificações de público-alvo e modalidade. A proposta, segundo a gerente executiva de Educação, Inovação Social, Esporte e Comunicação do Oi Futuro, é oferecer materiais de referência e compartilhar atividades testadas no NAVE para apoiar a implementação do documento. “Estamos, de uma forma muito ferramental, organizando os elementos da Base e indicando um caminho. Não para ser copiado, mas para servir como um banco de referência de ideias”, explica.

Além de apresentar dicas práticas de como fazer, um dos destaques da publicação é a sistematização e a indicação de práticas diferenciadas de avaliação, incluindo acompanhamento processual, a criação e uso dos fluxogramas, a autoavaliação dos estudantes, entre outras estratégias.

As práticas apresentadas no guia são agrupadas em seis capítulos:

– “Escola é Vida”: atividades voltadas para a reflexão sobre trajetórias, identidades e orientação vocacional dos estudantes.
– “Diferenças Extraordinárias”: práticas que valorizam a diversidade e acolhem diferentes formas e ritmos de aprendizagem.
– “Jogando se Aprende”: estratégias de gamificação para motivar competências dos estudantes na resolução de problemas da escola e de diversas áreas do conhecimento.
– “Juntos Aprendemos”: experiências que estimulam a colaboração e a construção coletiva de conhecimento.
– “#Culturajovem”: uso das tecnologias digitais e a integração de diferentes.
– “Desafio, Lógica e Argumentação”: projetos e experiências multidisciplinares que exercitam a argumentação, análise, síntese, construção de modelos e categorização.

Fonte: Porvir