MEC divulga mudanças para o Novo Fies 2018.2
17
Dom, Jun

MEC divulga mudanças para o Novo Fies 2018.2

MEC divulga mudanças para o Novo Fies 2018.2
Notícias EAD
TIPOGRAFIA

Na tarde desta quarta-feira (06), o Ministério da Educação (MEC) fez uma coletiva de imprensa para divulgar as mudanças no Novo Fies 2018, que serão válidas a partir do segundo semestre do ano, ou seja, para o Fies de meio de ano.

Na tarde desta quarta-feira (06), o Ministério da Educação (MEC) fez uma coletiva de imprensa para divulgar as mudanças no Novo Fies 2018, que serão válidas a partir do segundo semestre do ano, ou seja, para o Fies de meio de ano.

Veja quais foram as mudanças aprovadas:

- Valor mínimo de financiamento
A partir do segundo semestre de 2018, os novos ingressantes a partir do Fies na Faixa 1 terão, no mínimo, 50% do valor total do seu curso financiado.

Segundo o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, em diversos casos o sistema do Fies deu uma porcentagem de financiamento menor do que a necessidade do participante. Por isso, a partir de agora, será possível ter a certeza de que, no mínimo, 50% do valor do seu curso será financiado.

Lembrando que esse valor pode ser aumentado até 100% dependendo das necessidades do inscrito.

- Aumento no valor semestral do financiamento
Após uma diminuição no teto do valor do curso por semestre no primeiro semestre do ano, o MEC volta atrás e aumenta para 42 mil reais como o valor máximo de pagamento por semestre.

Sendo assim, o valor máximo da mensalidade de um curso financiado pelo Fies será de 7 mil reais. Um dos motivos para essa mudança foi que, com a diminuição feita no primeiro semestre, diversos estudantes de Medicina ficaram de fora do programa.

"A questão é da modelagem que estamos analisando [que ocasionaram nessas mudanças] e que vamos analisar do segundo semestre, e quiça no final do segundo semestre apresentaremos outros processos de melhoria com segurança e estabilidade para o próprio Fies", informou o ministro da Educação. Todas as mudanças foram aprovadas pelo Comitê Gestor do Fies, formado por representantes de diversos ministérios.

Além disso, na coletiva foi informado que o calendário do Fies 2018 de meio de ano deve ser divulgado no início de julho com as inscrições para meados do mês.

Quais são as faixas do Novo Fies?
Segundo o Guia do Fies do Quero Bolsa, essas são as diferenças entre as faixas (ou modalidades) do Novo Fies:

Modalidade I
É destinada para estudantes de todo o Brasil, com renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. São 100 mil vagas sem cobrança de taxa de juros. As condições para participação nesta modalidade estão no site do Fies.

Modalidade II
É destinada para estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. São 150 mil vagas com taxa de juros variável, de acordo com a instituição financeira responsável pelo financiamento.

Modalidade III
É destinada para estudantes de todo o Brasil, com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. São 60 mil vagas com taxa de juros variável, de acordo com a instituição financeira responsável pelo financiamento.

Segundo dados do Ministério, são mais de 1000 mantenedoras e 1700 instituições de ensino em todo o Brasil participando do Fies.

Fonte: Quero Bolsa