FGV oferece curso gratuito para gestores públicos de educação
23
Sab, Mar

FGV oferece curso gratuito para gestores públicos de educação

FGV oferece curso gratuito para gestores públicos de educação
Notícias EAD
TIPOGRAFIA

Gestores públicos de educação do Rio de Janeiro podem se inscrever até o dia 21 de março para o programa “Rede de Líderes Educacionais Fluminense”, desenvolvido pelo CEIPE, centro de pesquisa da FGV (Fundação Getúlio Vargas), dirigido pela professora Claudia Costin, ex-secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Gestores públicos de educação do Rio de Janeiro podem se inscrever até o dia 21 de março para o programa “Rede de Líderes Educacionais Fluminense”, desenvolvido pelo CEIPE, centro de pesquisa da FGV (Fundação Getúlio Vargas), dirigido pela professora Claudia Costin, ex-secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Direcionado para servidores públicos que ocupam posições de liderança nas secretarias de educação, tanto do estado quanto dos municípios do Rio, o programa tem o objetivo de desenvolver em cada participante competências pessoais, relacionais e de gestão. Também será formada uma rede colaborativa de troca e fortalecimento mútuo capaz de transformar e impulsionar a educação pública no estado.

O programa terá duração de 10 meses e será composto por:
– Uma imersão entre os dias 24 e 28 de abril em Sobral (Ceará) para aprender sobre as políticas educacionais que levaram a cidade ao posto de melhor e mais eficiente sistema educacional do Brasil;
– Sessões mensais de mentoria a distância com profissionais que já obtiveram resultados comprovados na gestão de políticas educacionais;
– Oficinas e minicursos sobre temas relevantes para a educação pública fluminense a serem identificados a partir da demanda dos participantes e seus mentores;
– Rede de troca e colaboração entre os participantes.

Segundo a organização, parte da carga horária do programa pode ocorrer fora dos horários comerciais, inclusive nos finais de semana, como no caso da imersão em Sobral, o que exige uma dedicação pessoal do participante como contrapartida. Em outras ocasiões, a programação pode demandar a liberação do participante pela secretaria para atividades dentro do horário de trabalho.

São 15 vagas oferecidas. O processo de seleção consistirá da inscrição online que deve ser realizada até 21 de março, e de uma entrevista presencial na cidade do Rio de Janeiro.

Informações e inscrição, neste link e nas redes sociais do CEIPE.

Fonte: Porvir