Treinamentos corporativos online: tendência de ótimos resultados

Sidebar

18
Qua, Set

Treinamentos corporativos online: tendência de ótimos resultados

Notícias EAD

Ensino a distância reduz tempo e custo com deslocamento e dá mais flexibilidade aos funcionários.

Investir em capacitação para profissionais e equipes é um passo primordial para aumentar a qualidade do trabalho produzido. Embora as pessoas possam aprender, na prática, diversos conceitos e situações, uma vez munidas de técnicas específicas e conhecimentos, o tempo gasto com a correção e a solução de problemas será menor. Os funcionários podem ter um bom repertório prévio, mas ensiná-los tarefas e habilidades específicas do negócio é muito importante para otimizar processos. Uma forma de fazer isso é por meio de treinamentos online.

Algumas empresas oferecem bolsas de estudo e capacitação externa para funcionários. Essa é uma outra forma de fornecer conteúdo e o aprendizado de novas habilidades. A desvantagem é que os cursos universitários ou até mesmo de especialização nem sempre vão conseguir suprir as carências e necessidades específicas de uma organização. Por isso, existem treinamentos feitos pelas próprias lideranças e gestores de uma empresa.

Depois de entender a importância de capacitar as equipes e os profissionais, é necessário colocar essa ação em prática. Nesse momento, uma dúvida que surge sobre o ensino a distância é o nível de participação e interação dos funcionários. Com uma boa plataforma virtual e metodologia, é possível administrar os conteúdos ofertados e engajar os participantes.

Com as ferramentas disponibilizadas pelo mercado para receber e distribuir cursos online, a liderança de uma empresa consegue determinar o horário de exibição de aulas, para não atrapalhar a rotina de trabalho dos demais funcionários, propor atividades e exercícios, realizar avaliações e até mesmo estimular a interação dos colaboradores por meio de fóruns de discussão. Assim, a tecnologia se torna uma grande aliada na oferta de capacitação e treinamento de alguma determinada área de uma organização.

Para além do aparato tecnológico, também é preciso pensar na dinâmica, didática, metodologia e formato das aulas. Entenda qual o público-alvo para saber quais pontos são os mais relevantes e qual a melhor linguagem a ser utilizada. Um curso oferecido para toda a empresa, por exemplo, não pode se aprofundar em detalhes técnicos de alguma área, assim como um curso técnico não pode se ater a um conteúdo superficial.

O formato também é bastante importante. Se optar por videoaulas, é fundamental refletir em como deixar o conteúdo o mais atrativo possível, com exemplos visuais. Se houver conteúdo em língua estrangeira, por exemplo, ofereça legendas ou recursos de tradução simultânea. Já se for em áudio, a habilidade deve ser em agregar efeitos sonoros de qualidade e uma edição impecável para que as aulas tenham maior fluidez.

Em ambos os casos, é necessário obter recursos técnicos para uma boa qualidade de vídeo e áudio. Caso contrário, os alunos poderão ter a impressão de que o curso é amador e até mesmo se dispersar durante as aulas, absorvendo pouca parte do cronograma proposto.

A partir dessas informações, os gestores possuem mais condições de elaborar o roteiro das aulas. A dica aqui, é agir de improviso apenas se o instrutor dominar o que deseja passar para os alunos. O ideal é se preparar com antecedência para as aulas, sejam elas ao vivo ou gravadas. A organização do conteúdo e a didática também fazem parte de um bom treinamento online corporativo.