Como produzir cursos online interativos
18
Seg, Dez

Como produzir cursos online interativos

Como produzir cursos online interativos
Tutoriais e Dicas Moodle
TIPOGRAFIA

O trabalho de um desenvolvedor de cursos online não é fácil. Envolve equilibrar conceitos de aprendizagem apoiados por décadas de pesquisa com a mais recente tecnologia. O trabalho também vem acompanhado de um rígido processo de design instrucional. Por mais rigoroso que seja o processo de desenvolvimento do curso, ainda há formas de otimizar o processo de desenvolvimento do curso - o que pode tornar a vida um pouco mais fácil para os desenvolvedores.   

O trabalho de um desenvolvedor de cursos online não é fácil. Envolve equilibrar conceitos de aprendizagem apoiados por décadas de pesquisa com a mais recente tecnologia. O trabalho também vem acompanhado de um rígido processo de design instrucional. Por mais rigoroso que seja o processo de desenvolvimento do curso, ainda há formas de otimizar o processo de desenvolvimento do curso - o que pode tornar a vida um pouco mais fácil para os desenvolvedores.   

Para a criação de novos cursos online, primeiro examinaremos as fases básicas do processo de desenvolvimento e a partir daí, vamos discutir algumas dicas para cada passo, e como isso pode ajudar a mover o processo com mais facilidade.  

O processo de desenvolvimento do curso on-line

Um designer instrucional geralmente segue cinco etapas em termos do processo de desenvolvimento de curso ou treinamento online. Embora possa haver diferentes versões desta abordagem, as cinco fases abaixo devem ser capazes de cobrir os aspectos mais críticos do desenvolvimento de cursos à distância.

Fase 1: a reunião inicial

A primeira fase envolve a reunião inicial - um passo que é um pouco semelhante à fase de análise do ciclo de treinamento e desenvolvimento. Este passo no processo envolve a realização de uma análise abrangente das necessidades de aprendizagem do público.

Além disso, também inclui a identificação de recursos / requisitos para o curso, a definição de objetivos de aprendizagem e a alocação de recursos.

Dica: Definir claramente os objetivos do treinamento online

Definir claramente os objetivos do treinamento e tomar o contexto dos alunos direcionados são dois aspectos muito importantes da criação de conteúdo digital.

Primeiro esses dois elementos definem quais os resultados esperados através dos objetivos de aprendizagem; associando assim o curso com a produção de resultados comerciais. Em segundo lugar, essas etapas também estabelecem a relevância do curso para seu público alvo.

Embora esta dica possa parecer muito comparativa e talvez óbvia, é muito comum muitas vezes ser ignorada até por veteranos em design instrucional. Ter objetivos claros e saber quem é seu público (e obter uma boa compreensão de onde estão e o que buscam) são dois dos aspectos mais críticos da otimização de processos de desenvolvimento de cursos nesta modalidade de ensino.

Uma vez que você tenha seus objetivos de treinamento online observados no início, tudo no processo de desenvolvimento do programa de treinamento deve avançar um pouco mais suavemente. Conhecer o contexto do seu público-alvo também torna o curso relevante para seus alunos; assim, mais eficaz o que ajuda também a diminuir a evasão no ensino a distância.

Fase 2: a fase de planejamento

A segunda fase envolve a revisão do conteúdo atual e o planejamento dos recursos necessários para o próximo curso.

Dica: organize seu conteúdo atual

Já dizia Peter Ducker: ‘A organização é um meio de multiplicar a força de um indivíduo’. E isso também é válido para qualquer tipo de processo de desenvolvimento do programa de treinamento, principalmente em EAD. Antes de iniciar qualquer novo projeto de criação de cursos online, é necessário fazer uma avaliação de seus recursos e conteúdo atuais. Avaliar e organizar regularmente conteúdos ajudará grandemente na otimização de processos de desenvolvimento.

A intenção é que ele lhe dê uma visão geral do conteúdo pré-existente que pode ser reutilizado para o novo curso. Esta avaliação prévia já mostra o que é necessário produzir, uma ideia do conteúdo, multimídia ou de outra forma, que seja necessário criar ou terceirizar.

Esta ação trará como benefício economia de tempo e dinheiro, além de manter a organização do seu conteúdo e bibliotecas atualizadas. Isso, por sua vez, torna mais fácil para os criadores do curso acessar ou encontrar conteúdo.

Fase 3: fase de construção

A fase 4 envolve a construção do curso em si. O storyboard ou roteiro, a criação de conteúdos do curso e a criação de conteúdos multimídia entram nesta fase. Esta etapa também inclui fazer o upload do curso e configurar o sistema de gerenciamento de aprendizagem ou o curso em preparação para o lançamento.

Dica: crie um esboço do seu curso

É difícil evitar a emoção de todos envolvidos para começar a trabalhar nos slides do curso, elementos multimídia e no conteúdo imediatamente. Observe que algumas informações podem se perder. Garanta que todos os elementos sejam coerentes e serão realmente usados ??no próprio curso.

A instituição pode ter um ótimo conteúdo - vídeos, imagens, textos e documentos; mas no meio do desenvolvimento, ainda é necessário descobrir onde posicioná-los no curso.

Criar um esboço - mesmo apenas um simples, baseado em texto - ajudará grandemente na otimização de processos de desenvolvimento de cursos online. Não só irá dividir os elementos do curso em uma base sequencial, mas também irá garantir que toda a equipe de criação do curso esteja alinhada. Este esboço servirá como um roteiro (ou uma espinha dorsal) para todo o processo de criação do curso.

Dica: simplifique a entrega do curso através do seu LMS

Seu sistema de gerenciamento de aprendizagem também pode desempenhar um papel importante na otimização de processos de desenvolvimento de cursos online. O LMS não só contém os cursos de forma organizada, mas também é usado para a entrega do curso. A maioria dos sistemas de aprendizagem possui alguns recursos que também podem ajudá-lo na gestão do processo de desenvolvimento.

Dar um melhor acesso aos alunos é uma das melhores maneiras de simplificar a entrega do produto final. Por exemplo, ter uma plataforma de ensino que forneça registro rápido de usuários e fácil inscrição ajudará os facilitadores e os utilizadores. Além disso, ter certificados automatizados, recompensas e crachás também tornam a entrega do curso mais atrativa.

Mais importante ainda, criar cursos que tenham uma história a contar, enquanto ter alguns elementos de interatividade fará um excelente conteúdo. Certifique-se de capitalizar esses elementos para tornar seus cursos mais divertidos e relevantes.

Alguns sistemas de gerenciamento de aprendizagem possuem essas opções disponíveis, então é válido conhecer o que é possível desenvolver. Ter estas opções disponíveis definitivamente ajudaria no desenvolvimento e implementação do projeto.

Fase 5: teste, revise e revise

O quinto passo do processo exige rever o curso e garantir a qualidade - corrigir erros, falhas e erros / erros antes da implantação final. Para fazer isso, é necessária uma corrida piloto do curso - um "lançamento beta". Esta fase de teste geralmente é feita pelos desenhistas de cursos, facilitadores e alguns alunos como testadores ‘beta’.  

Dica: faça uma corrida de piloto, solicite comentários e revise

Parte do processo de desenvolvimento do curso de treinamento dos funcionários envolve uma fase onde o feedback dos alunos é solicitado para melhorar o curso. Isso, obviamente, vem como uma parte padrão da avaliação sobre o processo de treinamento e desenvolvimento.

É aí que entra a importância de um lançamento piloto. Isso ajuda a evitar problemas tecnológicos, falhas embaraçosas e erros na ortografia e gramáticais antes do lançamento real. Os comentários do grupo piloto também serão solicitados sobre o aspecto, a sensação e o conteúdo além da relevância do curso. Para executar o piloto, certifique-se de incluir alguns de seus alunos direcionados (fora da equipe de desenvolvimento) para testar.

Conclusão

Podemos considerar que a gestão do processo de desenvolvimento do curso é uma tarefa árdua. Embora possa parecer que as maiorias das etapas de desenvolvimento são ‘gravadas em pedras’, existem outras maneiras que podem tornar a criação de cursos online menos tributária para o designer instrucional e a equipe de criação de cursos. Alguns ajustes na própria abordagem podem percorrer um longo caminho quando se trata de otimização de processos de desenvolvimento de cursos online.

Há mais maneiras de como otimizar o processo. Apenas lembre-se, que um bom planejamento trará resultados generosos para seu curso e para o aluno, mas para ter ótimos resultados é preciso testar tudo que foi feito!

Se você tem dúvidas ou dicas de como fazer cursos interativos deixe seus comentários abaixo!

Obrigado,

Marcelo Claro