11 mitos sobre moodle
30
Dom, Abr

11 mitos sobre moodle

Tutoriais e Dicas Moodle
TIPOGRAFIA

1- Assim que o Moodle estiver estável ele deixará de ser livre e terá uma licença proprietária. Se fosse bom mesmo seria pago.

1- Assim que o Moodle estiver estável ele deixará de ser livre e terá uma licença proprietária. Se fosse bom mesmo seria pago.

Martin Dougiamas registrou em mensagem que o Moodle sempre será livre e com a licença GPL. Mesmo que aconteça o contrário, a comunidade poderá pegar a última versão do código GPL e continuar o desenvolvimento a partir dali. Uma das razões por que o Moodle é tão bom é porque ele é um código aberto (open source), e assim a comunidade educacional mundial pode contribuir para faze-lo ainda melhor. Em outros casos onde aconteceu de um software deixar de ser livre a comunidade rapidamente pegou o código e continuou o projeto livre, com melhorias contínuas. O que já está livre até o atual momento continuará livre - legalmente - mesmo que algo no futuro não continue. Ninguém pode comprar o Moodle, e qualquer desvio sem o consentimento da comunidade global não iria muito longe.

2- Moodle precisa de um programador php em tempo integral em sua equipe - ou muito suporte técnico para executa-lo na sua organização

Existem muitas instituições rodando Moodle simplesmente, sem nenhum programador php na equipe. Voce não precisa saber programar se voce só deseja utilizar o Moodle como ele vem "de fábrica" com muitos recursos. Apesar de que PHP é uma linguagem muito fácil de aprender e o código do Moodle é muito bem documentado, assim se voce quiser ajudar no desenvolvimento, a curva de aprendizado será suave. É honesto dizer que voce precisa de alguma capacidade técnica para rodar qualquer programa na web com segurança. Mas isto tem mais a ver com arrumar um servidor web, um servidor de banco SQL e uma linguagem funcionando e integrados do que com o Moodle propriamente dito. Se voce consegue rodar seu próprio servidor de web, facilmente rodara o Moodle no mesmo servidor. Voce não precisa rodar o Moodle na sua instituição, existem bons parceiros ( Moodle Partners) que poderão rodar o Moodle para voce, ou poderá ser rodado em provedores comerciais.

3- Moodle não será compativel com nossos outros sistemas/softwares

O Moodle rodará em FreeBSD, Linux, Mac OS X, e Windows. É compatível com muitos sistemas de banco de dados através da interface ADODB de integração. Tem diversos mecanismos de autenticação e autorização incluindo LDAP. Moodle permitirá aos professores fazer a integração de conteúdos de diversos formatos, incluindo SCORM, Flash, MP3s e alimentadores RSS. No Roadmappara as futuras versões exite uma interface WEB que permitirá uma fácil integração com outras aplicaçóes voltadas para a web. Não se esqueça que este é um software livre, "open source", com uma estrutura de dados e arquivos bem documentada. Se o Moodle não for compativel com uma aplicação específica voce poderá pagar um desenvolvedor para codificar a integração ou desenvolve-la na sua própria instituição.

4- Moodle simplesmente não tem a experiência empresarial que nós procuramos

Consulte a lista de parceiros ( partners ). Moodle é também utilizado mundo afora por clientes corporativos para treinamentos internos, até mesmo escolas de voo, certificação de pilotos e mecanicos, e imensa variedade de desenvolvimento profissional. Moodle como recurso é uma aplicação, não é uma organização. As PESSOAS que fazem parte da comunidade moodle ao redor do mundo tem vasta experiencia em todas as industrias e todo tipo de educação. De fato é um desafio encontrar um grupo mais comprometido de educadores e instrutores ( trainers) do que o pessoal do moodle.org. Uma evidencia muito forte da aplicação comercial do Moodle está no fato de que a Microsoft Corporation financiou a modificação do moodle para funcionar com a sua plataforma SQL (caso voce prefira no lugar do mySQL) e também com o crescimento constante de recursos que vão desde "clustering" até mecanismos de cobrança embutidos.

5 - Não é fácil instalar e usar o Moodle – a instalação do Moodle básico não é tão sofisticada

Veja a lista de recursos que vem no pacote básico (standard), é grande e diversificada. Temas adicionais, blocos e atividades são facilmente integradas e grande maioria é grátis e livre (open source). Verdade é que facilmente se instala installtodas as funcionalidades básicas em uma máquina individual ou em um servidor de web. Voce pode fazer a instalação em um computador com Windows fazendo o download de um arquivo de 50MB, descompactando, mudando o nome da pasta, dando dois cliques em um arquivo, e abrindo a página web.Esta instalação em um único pacote o servidor de web, o banco de dados e o moodle. Apesar desta instalação básica não ser apropriada para uma instituição a facilidade com que ela oferece toda o potencial do moodle é impressionante, um atestado da confiabilidade da plataforma.

6- Não existe documentação, treinamento ou suporte técnico disponível - voce estará sozinho

Existe excelente (e está aumentando) documentação online, produzida pela comunidade de usuários e desenvolvedores. Sendo online e digital, este recurso é atualizado diariamente e acompanha os desenvolvimentos do moodle tão logo eles aconteçam - com muito mais detalhe que um livro poderia apresentar, e certamente mais que qualquer vendedor comercial oferece para seus produtos. A Universidade Aberta Jason Cole escreveu uma excelente introdução ao Moodle para professores, disponível através do proper book da editora O'Reilly. Além disto, William Rice um livro sobre o Moodle Moodle E-Learning Course Development disponível na Packt Publishing. A maioria dos usuários consideram a interface do Moodle intuitiva e isto ajuda a reduzir os requisitos de treinamento. É possivel para as instituições fazerem treinamento interno e muitas tem adotado esta abordagem com sucesso. Alguns pareceiros do Moodle (Partners) moodle.com também se especializaram em treinamento. Suporte técnico atualizado é fornecido pela comunidade de usuários e desenvolvedores no curso Using Moodle em moodle.org. Contratos de suporte comercial são fornecidos por Parceiros (Partners) Moodle Autorizados moodle.com.

7- O Custo Total de Propriedade do Moodle é ,no final das contas, maior do que seria com uma plataforma proprietária

Pare e pense! Em ambas plataformas, Moodle ou comercial, será necessário pagar por hospedagem, suporte, treinamento e conteúdo, de um jeito ou de outro: com o Moodle, muitos destes custos podem ser feitos dentro da instituição, porque o código é aberto e o Moodle é muito bom fornecendo os recursos que os professores precisam para escrever, eles próprios, atividades online, mas isto não é obrigatório. A diferença é que com o Moodle, não existe pagamento de licenças de uso. Nenhuma. O dinheiro que voce gastaria pode retornar para melhorar o software, ou ficar com a comunidade educacional para o bem comum. Não precisa pagar dividendo de acionistas ou remunerar o capital de risco. Além disto voce não corre o risco do fornecedor comercial aumentar o preço da licença de uso unilateralmente ou fechar o negócio. Não é de se admirar que quando a agencia do governo Britanico Becta examinou o Custo Total de Propriedade do software livre em computadores pessoais nas escolas britanicas, eles encontram uma economia significativa comparando com as alternativas comerciais. A economia em custos com suporte eram impressionantes. Possivelmente a economia seria maior ainda se eles tivessem examinado aplicações baseadas na web como o Moodle. Um sumário de considerações pode ser encontrado em Using Open Source Software in Schools.

8- Moodle simplismente não é bom para uma instituição tão grande quanto a minha

Então sua instituição deve ser maior que a Open University do Reino Unido, que possui 180,000 estudantes, é? A OU divulgou announced que eles estão mudando para o Moodle como ambiente virtual de aprendizagem, e existem muitas outras instituições de grande porteoficialmente utilizando o Moodle, e um bom número de outras que seus departamentos utilizam.

9-Moodle não foi projetado para o meu grupo específico de estudantes ou clientes

O Moodle tem sido usado com sucesso por instituições que vão desde a educação básica até a educação superior, em todas as áreas do conhecimento incluindo arte, linguagens, humanas e matemática. Está também estabelecido no ramo da educação continuada e ambientes de treinamento governamentais e corporativos.

10-Nós temos toda a nossa equipe dedicada ao *******, assim não vale a pena o esforço de mudança para o Moodle

A mudança talvez não seja tão difícil uma vez que o Moodle importará facilmente o conteúdo de diversos formatos padronizados, incluindo SCORM, Blackboard e WebCT. Existe um número crescente de instituições de educação avançada e superior fazendo a mudança para o Moodle. Pedagogicamente, se ganha muito quando se muda para um AVA que coloca o aprendizado social e colaborativo como prioritário e reconhece o papel vital que os aprendizes devem desempenhar, também oferecendo aos professores recursos para construirem efetivas comunidades de aprendizado ao invés de simplesmente apresentarem recursos e atividades. De uma perspectiva financeira, os custos envolvidos na mudança para o Moodle serão facilmente recuperados com a economia em pagamento de licenças de uso.

11 -Sendo o Moodle um software livre ele não pode ser tão bom quanto um sistema produzido por uma grande empresa que fatura milhões por ano em licenças de uso

O fato de que o Moodle é livre (não é sem custos mas livre) significa que os esforços do time principal são inteiramente públicos. Voce pode observar os progressos através do tracker, download do código que eles acabaram de escrever e participar das conversas nos fóruns. Isto significa que qualquer um que queiram ( e há literalmente centenas que fazem) podem ajudar no desenvolvimento do código principal, plugins customizados, módulos,integração e temas, ou reportando problemas que apareçam. Existem mais de 150 destas extensões de terceiros entre os módulos e banco de dados de plugins, uma rápida consulta ao tracker mostrará como a comunidade mantém os relatos de problemas. Além disto muitas institutições que utilizam o Moodle decidem dedicar parte de sua força de trabalho em manter partes do código do Moodle, ou desenvolvendo recursos novos. Isto faz sentido uma vez que o moodle é livre. Se elas estivessem usando um produto comercializado, não só não poderiam fazer isto devido as lincenças como também teriam que pagar todo ano para continuar usando aquilo que tivessem desenvolvido, assim isto não acontece com softwares propietários. Isto significa que, como é comum acontecer com software livre, o Moodle desenvolve bem mais rápido do que um software comercial recebendo a mesma quantidade de dinheiro, no comercial tudo tem que ser feito pela equipe interna de desenvolvedores. Além disto uma empresa proprientária de um AVA está em desvantagem no mercado porque o produto deles é muito grande, complexo e difícil de vender para pessoas que sabem pouco ou nada sobre ele e não tem tempo para investir para apremder este e muitos outros para fazer uma boa escolha. Isto significa uma alto custo com marketing com vários representantes comerciais, o que consome boa parte da arrecadação com licenças de uso. O Moodle não tem este custo extra podendo usar a maior parte do recurso para o desenvolvimento como prioridade. Os fatos acima também ajudam a fazer com que o Moodle seja mais inovador que outras plataformas, porque quando alguém deseja um recurso, está livre ou para codificar o novo recurso ou pagar um profissional para desenvolve-lo. Com um AVA proprietário voce só teria uma nova extensão caso convencesse o fornecedor que aquele novo recurso daria lucro para eles. Resumindo, o núcleo estável e dúzias de plugins de terceiros resultam que o Moodle pode ser configurado para atender a sua instituição de maneira bem melhor que um software monolítico de tamanho único para todos os clientes.

Retirado de "http://docs.moodle.org/pt_br/Moodle:_10_mitos"