Moodle Livre - Tutoriais e Dicas para EAD
28
Qua, Jun

Moodle Livre - Tutoriais e Dicas para EAD

No topo

Grid List

Como criar uma biblioteca ou midiateca no Moodle usando o recurso glossário. O interessante deste é recurso e sua capacidade de organização e facilidade de entrega do conteúdo para o aluno. 

No Moodle temos um formulário de cadastro para que o próprio aluno faça sua inscrição e posteriormente seja alocado em um curso, no entanto o formulário é muito vago e carente de informações. Mas podemos melhorar isso.

É notável a quantidade de pessoas que hoje possuem smartphones, e o quanto interagem com o aparelho e seus recursos. Centenas de aplicações, dos mais variados tipos, estão disponíveis para download nos repositórios Android, Apple ou Windows.

A ferramenta base de dados comporta imagens, arquivos de texto, vídeos, áudio etc, que podem ser enviados pelos alunos para que fique disponível a todos.

Você é um professor, conteudista ou infoprodutor e quer usar o Moodle para o ensino online? Você quer aprender a usar a ferramenta LMS que mais cresce no mundo? Quer saber como configurar e usar seus recursos e atividades? Pois bem, chegou o momento! Faça sua inscrição no curso 'Moodle para Administradores e Professores' e aguarde a divulgação dos nomes dos participantes!

Os plugins são extensões flexíveis, permitindo ampliar os recursos do Moodle. Existem centenas de plugins para o Moodle. Há mais de 1.000 plugins disponíveis para o Moodle com mais de 7 milhões de downloads.

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi), por meio do Núcleo de Educação a Distância (Nead) e da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Preg), abriu seleção para 32 vagas para o cargo de professor do quadro provisório para atuar nos cursos na modalidade Educação a Distância (EAD) para o período de 2017.2.

Por meio do edital nº 001/2017, que pode ser alterado sem aviso prévio, o Serviço Social da Indústria (Sesi) do Estado de São Paulo inicia em 19 de junho de 2017, Processo Seletivo. A carga horária pode ser distribuída em até seis dias por semana e pode compreender os períodos manhã, tarde ou noite.

As oportunidades são destinadas para Professores Visitantes e Professores Adjuntos.

O Instituto Federal de Alagoas abriu nesta terça-feira (30) as inscrições para preenchimento de 630 vagas no processo de seleção simplificada de professores e tutores para os cursos na modalidade a distância vinculados ao sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). O prazo para inscrição termina no próximo dia 7 de junho (quarta-feira) e para se inscrever o interessado deve acessar a página da Diread.

A Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) inicia no dia 14 de junho de 2017 as inscrições para os Processos Seletivos que visam contratar Professores em diferentes departamentos e disciplinas. As oportunidades ocorrem em três Departamentos diferentes da universidade.

Concursos abertos no estado de São Paulo tem mais de 1350 vagas na área da Educação. Há oportunidades para candidatos de nível fundamental, médio e superior. Com vagas e salários cada vez menores no setor privado, principalmente devido a crise econômica, os concursos tem sido a melhor opção para professores e outros profissionais da educação. Na Universidade federal do ABC o salário de professor pode chegar a R$ 9.114,67.

Esse livro tem por objetivo discutir as tecnologias da informação e comunicação na prática educativa.

A relação entre tecnologias digitais e cognição e a incorporação dessas tecnologias nas práticas pedagógicas são temas que mobilizam, intensamente, os debates atuais na área de educação. É das tensões e visões em torno desses temas, interessantes, importantes e atuais, que trata este livro, escrito, a muitas mãos, por pesquisadores/formadores de professores, que decidiram colocar seus resultados de pesquisa e seus pontos de vista em diálogo, em busca de um consenso provisório que possa contribuir para a definição de novos pressupostos e práticas para orientar a Educação no Século XXI.

Dividido em dois eixos, em seu primeiro momento, o livro volta-se para a Educação a Distância (EaD) como política pública para o desenvolvimento de ações metodológicas de ensino e aprendizagem. Em seu segundo momento, os textos apontam para a EaD como metodologia propícia à formação continuada de professores e gestores das escolas públicas e privadas, devido a acessibilidade à Educação propiciada pelas tecnologias da informação e comunicação.

Educadores estão atordoados frente às "novas" tecnologias em particular frente ao que se está chamando "habilidades do século XXI". Primeiro porque alavancadas pelo mercado as tecnologias digitais avançam sôfrega e já compulsoriamente. Segundo porque a pedagogia ficou para trás entretida com suas didáticas obsoletas em especial com a aula instrucionista.

Este livro apresenta um panorama de desafios enfrentados por educadores - a inclusão escolar e social e o uso de tecnologias. O livro sistematiza estudos voltados às emergentes questões da Inclusão da Tecnologia da Informação e Comunicação. Visa a oferecer subsídios teóricos e práticos aos estudantes e profissionais do campo da educação, da tecnologia e áreas afins.

As relações entre linguagem, tecnologias digitais e educação vêm sendo discutidas por pesquisadores em diversos lugares do mundo, inclusive no Brasil. Este livro reúne pesquisas de todas as partes do país, tecendo uma rede que liga esses três temas. Estão em foco no livro o letramento digital de professores, estudantes e grupos sociais; aspectos da hipertextualidade em diferentes mídias; debates sobre gêneros textuais; novas linguagens; e o uso da tecnologia como ferramenta pedagógica.